Por Lêda Zoéga Parolo – Psicóloga da Villa Vita


Você olha para o lado e vê como as pessoas somente se preocupam em ‘fazer’, ‘fazer’ e ‘fazer’. Onde está o viver? O mundo atual nos dá muitas informações diariamente e é difícil processar todas elas. O ser humano, atualmente, quer fazer sempre mais e então tem menos tempo para si. Com a correria para cumprir horários, se esquecem de sonhar. Sonhar é difícil nos dias de hoje, onde o tempo é gasto em trabalho, onde muitos se preocupam em ‘ter’, e onde temos que aprender a conviver com o “stress” e a falta de tempo.
Para muitos, a vida se baseia nesse corre-corre, e então ela fica sem sentido. O que você quer da sua vida? Acho que a resposta mais freqüente a essa pergunta é: ser feliz. Mas, o que você faz para que isso aconteça? Um primeiro passo é definir seu propósito de vida, dar um sentido a ela. Felicidade acontece quando esse propósito é realizado, seja ele qual for. É preciso entender que a verdadeira felicidade é ser, e não ‘ter’, como muitos pensam. Sonhar entra aqui também, nos seus propósitos. O que faz você levantar todos os dias a não ser ir atrás de algo que sonhou?

Imagine-se um iceberg. O que vemos dele é uma pequena parte – a pequena parte que você conhece de você mesmo. O que está embaixo d’ água é enorme, como a enorme porção de você à qual não tem acesso. Calcule quanta coisa passa despercebida em sua vida, porque muitas vezes essas duas partes (que podemos chamar de consciente e inconsciente) não entram em relação. Ou ainda, às vezes, isso que está  escondido, quando vem à tona, parece pertencer a uma outra pessoa. Por exemplo, você tem uma explosão de mau-humor de repente contra alguém que não lhe fez nada, e não sabe explicar essa reação. Então, para entrar em contato com essa parte escondida, você precisa se conhecer. 
Muitas pessoas só redefinem suas vidas dando um outro valor a elas quando levam um grande susto, um enfarto por exemplo. Por que esperar por isso?
Olhe para dentro de você. Você tem a vida que gostaria? O que você sente, é feliz? Qual o melhor caminho para buscar seus objetivos? Comece com as coisas simples, o que lhe dá prazer e o que lhe diverte? Estabeleça novos objetivos e procure alternativas. Corra riscos.
Buscar seu lugar no mundo significa ocupá-lo, então, ocupe seu lugar, sinta-se dono de sua vida. Seja especial e acredite em seu valor.
Madre Teresa de Calcutá disse: “Ontem foi embora. Amanhã ainda não veio. Temos somente hoje. Comece.”