Cuidados com o ambiente onde vive o paciente alérgico.

 Atenção ! Nem só de medicamentos se faz o tratamento das doenças respiratórias. É preciso o controle do ambiente onde se vive o paciente, com a eliminação dos principais desencadeantes dos sintomas alérgicos. De acordo com estudos publicados recentemente, os fatores ambientais são os principais inimigos do controle da doença e não podem ser esquecidos, os principais cuidados são :
 * Manter o ambiente bem arejado, com portas e janelas abertas, principalmente durante a manhã;
 * Evitar acúmulo de poeira, procurando limpar a casa diariamente, principalmente com pano úmido. Evite varrer a casa; 
 * Evitar o uso de produtos de limpeza com cheiro forte, principalmente quando o paciente estiver em casa;
* Evitar o acúmulo de objetos que acumulem poeira : bichos de pelúcia (mantê-los em sacos plásticos), carpetes, tapetes ou cortinas;
 * Evitar animais de sangue quente, principalmente os de pêlos longos (cães, gatos, roedores);
 * Evitar o fumo dentro do ambiente domiciliar;
 * Utilizar capas protetoras para colchões e travesseiros, caso não seja possível, trocar a roupa de cama 1 ou 2 vezes por semana; 
 
 * Procurar incentivar o paciente a praticar algum tipo de esporte que agrade, para o fortalecimento da musculatura respiratória. 
 IMPORTANTE ! Se forem seguidas todas as instruções, associados a um bom tratamento, certamente o paciente conseguirá um bom controle de sua doença, com grandes chances de estabilidade. 
Dra. Juliana Guedes
CRM : 114335/SP
Pneumopediatra

 

Pneumopediatra