É sempre uma grande surpresa quando damos a notícia para os pais de que será necessário fazer um canal no dente de leite do filho. Muitas vezes, dois, três canais, dependendo do dente. Mas como?

Algumas vezes é preciso tratar o canal de um dente de leite. Isso porque a medida garante que o crescimento dos ossos do rosto e a fala da criança não sejam prejudicados pela falta de um dente que caiu ou que foi extraído precocemente.

cc-endodontia

O dente de leite é temporário e será substituído pelo permanente, mas na hora certa.
As causas para a necessidade de um tratamento de canal são basicamente duas: cárie (que pela profundidade da lesão afetou a polpa do dente) ou trauma (pancadas, quedas, etc).

com-o-desgaste Para tratar o canal , o odontopediatra retira a parte viva do dente (polpa), limpa e seca o espaço que ficou e preenche com um material que manterá o espaço sem bactérias, normalmente uma pasta antibiótica/anti-inflamatória. Algumas vezes é necessário usar anestesia. A técnica do tratamento de canal é diferente em crianças, pois o material não pode interferir no processo natural da troca deste dente, por isso sempre busque ajuda de um especialista, porque, quanto menor a criança, maior o grau de dificuldade. Em crianças especiais, o tratamento pode contar com a ajuda de anestésicos inaladores ou anestesia geral.