Muito tem se falado sobre nutrição funcional, você já ouviu falar? E sabe o que é nutrição funcional? Leia com atenção que nossa equipe irá explicar e contar um pouco sobre ela.

alimentos

Aqui no Brasil, a nutrição funcional passou a ser difundida a partir de 1999.
Esta especialidade trata de vários tipos de doenças a partir da alimentação. O principal objetivo da nutrição funcional é tratar e prevenir desordens crônicas mais complexas, através da identificação e da correção de desequilíbrios existentes no organismo. É que através da nutrição funcional é possível rastrear os sintomas do paciente e associar cada um com os desequilíbrios nutricionais.  Assim e estudando o histórico do paciente, os profissionais encontram as causas dos problemas e conseguem traçar um plano para a prevenção de novas consequências.

E já se sabe que uma boa alimentação é um dos fatores mais importantes para a manutenção do equilíbrio do organismo. A partir disto, a nutrição funcional começa a trabalhar para tratar as causas ao invés de tratar somente os sintomas da doença.

Dentro da especialidade, os mais variados desequilíbrios, de distúrbios gastrointestinais a problemas emocionais, passando por desequilíbrios nutricionais, estruturais, imunológicos, inflamatórios, são tratados com importantes mudanças alimentares e – nos casos onde há necessidade – suplementação alimentar.

O processo entre profissional e paciente tem etapas: começa com uma boa análise de histórico e hábitos e exames clínicos iniciais.  Juntos, médico e paciente chegam perto de reconstruir totalmente o histórico dos problemas. Com o resultado dos exames iniciais, o profissional lê os resultados e traça o plano estratégico de mudanças alimentares, além de no estilo de vida.

É bastante comum conseguir realizar o tratamento somente alterando hábitos alimentares. Nos casos onde isso não pode acontecer, é comum o profissional fazer uso de suplementação.

Se entregar para a nutrição funcional é optar por qualidade de vida e saúde!