A DENTIÇÃO NO PORCESSO DE INTRODUÇÃO ALIMENTAR

A dentição se inicia por volta dos 6 meses de vida, mas muitas vezes pode ocorrer apenas próximo ao final do primeiro ano.

A presença ou não de dentes não determina o momento da introdução de alimentos sólidos. Porém é comum os pais sentirem insegurança, por receio do bebê não conseguir mastigar adequadamente sem dentes suficientes.

A partir dos 6 meses, o bebê perde o reflexo de extrusão da língua, senta sem apoio com bom tônus muscular, estando apto ao início da introdução alimentar. O fato de não possuir dentes não deve ser encarado como um fator limitante.

Durante a erupção dentária pode ocorrer desconforto oral e o bebê pode rejeitar determinados alimentos em virtude disso, não pelo sabor, mas pela textura e temperatura. Os pais devem ficar atentos e respeitar o que o bebê está tentando demonstrar.