Em tempos de pandemia, data ganha ainda mais atenção

OMS definiu 5 de maio como marco para conscientização. ‘Lavar as mãos é essencial no combate a doenças, em especial a Covid-19

Bem antes do surgimento do novo coronavírus, em 2009, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou uma campanha quando ficou definido 5 de maio como Dia Mundial de Higienização das Mãos. O objetivo é reforçar a importância de lavar as mãos, principalmente como medida de prevenção às infecções – entre profissionais de saúde e pacientes.

Para o dermatologista Erasmo Tokarski, esse período de pandemia amplificou a discussão sobre o tema. O médico afirma a importância de levar a sério a higienização das mãos, uma vez que o hábito é essencial no combate a doenças, em especial, a Covid-19.

Com pandemia, o gesto de limpeza tornou-se essencial para evitar a contaminação. Artistas como Arnaldo Antunes, por exemplo, postou um vídeo ensinando a fazer a higienização com a música dele, de 1995, “Lavar as mãos”.

Já o DJ Pedro Sampaio criou um remix de “Lavar as mãos” e compartilhou um trecho em suas redes sociais.

Buscas no Google

Assuntos do tipo “como lavar as mãos corretamente” e “importância de lavar as mãos” tiveram, respectivamente, um aumento de 180% e 140% nas buscas do Google nos últimos 12 meses.

Para o dermatologista Erasmo Tokarski, a pandemia fez com que as pessoas se tornem mais conscientes e exigentes com o cuidado das mãos. Para ele, este é um bom sinal.

Passo a passo para lavar as mãos:

  1. molhe as mão com água corrente;
  2. ensaboe as mãos até a o meio do antebraço;
  3. esfregue a espuma entre os dedos, costas das mãos e unhas;
  4. siga com a lavagem pelo tempo médio de 20 segundos;
  5. enxague as mãos e braços em água corrente;
  6. seque com papel toalha.