Conscientizar as pessoas sobre os cuidados básicos com o sorriso e a boca. Você sabia que uma boca saudável reflete na saúde de todo o nosso organismo?

Por isso, é necessário ter disciplina com a escovação e fazer as consultas de rotina no dentista, evitando problemas maiores, como câncer e doenças no coração. Nosso corpo tem bactérias saudáveis que ajudam em seu funcionamento. Uma saúde bucal desequilibrada pode aumentar a quantidade de bactérias e ser danoso para nosso organismo. Equilíbrio é tudo!

Como a saúde bucal afeta nossa saúde geral?

Cuidar dos dentes não é importante somente para sua saúde bucal, como combater o mau hálito, cáries ou mesmo casos mais sérios, como doença periodontal. A boca pode ser a porta de entrada para várias infecções que atingem outras áreas do corpo, como vírus e bactérias. Assim, uma boca saudável ajuda a equilibrar a saúde do corpo inteiro, prevenindo doenças mais complexas.

Nas grávidas, por exemplo, a escovação pode ficar prejudicada por conta dos enjoos constantes, e pode aumentar a frequência das doenças periodontais. Esses problemas podem levar a um parto prematuro, pois se acredita que as bactérias bucais podem adiantar o trabalho de parto.

Diabéticos também precisam redobrar seus cuidados com a saúde bucal, pois as mesmas bactérias podem agravar outras inflamações.

Frequência

Escove os dentes logo pela manhã, após as refeições e, principalmente, antes de dormir — durante o sono, a boca fica mais vulnerável à ação das bactérias, pois a produção da saliva, que age como um limpador bucal, diminui.

Consumir água com frequência ajuda na produção de saliva e na limpeza dos dentes, entre outros benefícios para nosso corpo. Não se esqueça de ficar hidratado ao longo do dia.

Kit de higiene

Para quem passa o dia fora de casa, a recomendação é ter um kit de escovação para não ficar muito tempo com os dentes sujos, pois isso aumenta as chances do surgimento da cárie e de outros problemas bucais.

Imagine que horror entrar em uma reunião importante de trabalho com os dentes sujos ou mau hálito? Não se esqueça do ritual de cuidado com os dentes depois das refeições, mesmo fora de casa.

2. Use creme dental com flúor

Outro ponto fundamental é escolher um creme dental com flúor, mineral que protege os dentes das bactérias que causam as cáries. Opte também por produtos pouco abrasivos para evitar o desgaste do esmalte, a camada mais externa do dente.

Não precisa exagerar na hora de colocar o creme dental na escova, como é mostrado nos comerciais de TV. Não é a quantidade maior de espuma que garante uma boa limpeza, e sim, fazer os movimentos adequados com a escova.

3. Não se esqueça do fio dental

Muitas pessoas não têm o hábito de usar o fio dental, por pressa ou por não considerar essa etapa importante para manter a boca completamente limpa. Então, fazer o uso desse item antes de passar a escova é um cuidado de saúde bucal que deve ser seguido à risca.

Somente o fio dental será capaz de tirar todos os restinhos de comida, que ficam retidos entre os dentes e na linha da gengiva. Por isso, tenha o costume de usá-lo: em frente ao espelho, certifique-se de passar o fio em todos os cantos.

Esse hábito ajuda a prevenir a placa bacteriana, o tártaro, as cáries e também o mau hálito. Além disso, ele combate a gengivite, inflamação que acomete as gengivas que, quando não tratada pode levar à periodontite, um caso mais grave de infecção que pode causar até a perda dos dentes.

5. Troque a escova periodicamente

Um cuidado de saúde bucal essencial é fazer a troca da escova a cada três meses ou em um intervalo menor, quando as cerdas estiverem gastas. Isso porque, nesse estado, ela não faz a limpeza da maneira adequada.

Sem contar que, quando as cerdas ficam desgastadas, a tendência é que a pessoa coloque mais força na escova, o que pode desgastar o esmalte dentário, como mencionamos.

Na hora de comprar uma escova nova, prefira aquelas com cerdas mais macias. Dessa forma, você evita machucados na gengiva. Por fim, conserve sua escova em um lugar seco, pois a umidade pode ajuda na reprodução de bactérias.

6. Tenha uma alimentação saudável

Até agora, falamos muito das medidas preventivas de saúde bucal em relação à higienização completa. Mas saiba que você também trata o seu sorriso tendo mais cuidado com a alimentação?

É fundamental consumir com moderação alimentos ricos em açúcar e amido, como doces, massas e pães. Esses ingredientes atraem as bactérias que lesionam os dentes, ou seja, que provocam as tão temidas cáries.

O problema é ainda maior com os doces mais grudentos, como brigadeiros ou balas, que ficam presos aos dentes por mais tempo até a hora da escovação. Ninguém precisa se privar do chocolate ou sorvete, mas é importante ter o cuidado de escovar os dentes após o consumo desses doces.

Caso não tenha seu kit de higiene bucal à mão, a dica é beber água para fazer uma limpeza rápida dos dentes e gengivas. Outro ponto da alimentação que merece atenção é a mastigação. Dentes bem cuidados proporcionam uma mastigação correta e sem dores.

7. Visite o dentista regularmente

Uma dica essencial para manter a saúde bucal em dia é visitar o dentista regularmente —pelo menos, uma vez ao ano. Dessa maneira, ele faz uma avaliação completa e, caso haja algum problema, certamente, será mais simples de ser resolvido, pois, devido ao acompanhamento periódico, provavelmente, estará no início.

Na consulta de rotina, o profissional faz a profilaxia, uma limpeza mais completa com jato de bicarbonato, deixando seus dentes mais limpos e polidos. Também é feita a aplicação de flúor para que os dentes fiquem mais fortes e resistentes contra as cáries. Se necessário, ele ainda faz uma raspagem para eliminar a placa bacteriana e o tártaro.

Viu como é fácil seguir os cuidados de saúde bucal e manter seus dentes e gengivas livres de qualquer doença? Tenha o compromisso de fazer a escovação completa, modere o consumo de doces e não deixe de fazer o acompanhamento odontológico para ter um sorriso sempre saudável!