Evitar excessos e cuidar com o estresse e alimentação são atitudes que podem ajudar a garantir a saúde em dia ao longo dos 32 dias de Copa do Mundo. Afinal, com a Seleção Brasileira também entra em campo um time de peso: churrasco, cerveja, batata frita e pipoca. Caso o Brasil chegue à final, serão sete jogos, ou pelo menos 630 minutos, de muita confraternização, bebida e frituras.O importante é apostar em uma alimentação equilibrada, sem radicalismo.

– Torcedores acabam optando por refrigerantes, cervejas e alimentos como pizzas, hambúrgueres industrializados e salgados fritos, que geralmente são ricos em gordura saturada e pobres em nutrientes. Além disso, o elevado consumo desses alimentos pode levar, ao longo do tempo, ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares e aumento de ‘colesterol ruim’.

A especialista diz que o importante é não exagerar. Então, se o torcedor for tomar cerveja, que o consumo seja moderado e intercalado com água. Isso mantém a hidratação e ameniza os sintomas da ressaca no dia seguinte.

Na hora de torcer, também é importante manter o cuidado com o coração. A adrenalina aumenta os batimentos cardíacos e a pressão arterial. Os considerados grupos de risco, como aqueles que têm doença cardíaca, hipertensos, diabéticos, quem já teve AVC e idosos, devem estar com o tratamento em dia, sem esquecer dos remédios durante as comemorações.

– Para o indivíduo que não faz uso da medicação adequada, exagera na bebida, vai para conglomerados, todo esse somatório aumenta a probabilidade de infarto, AVC, insuficiência cardíaca aguda e potencializa a arritmia – explica Stephan Lachtermacher, coordenador da Unidade Cardio-Intensiva clínica do Instituto Nacional de Cardiologia (INC).

Por dentro da Copa e em forma

-Não exagere nas bebidas alcoólicas, comidas gordurosas e cigarro
– Mantenha os horários regulares das refeições
– Antes dos jogos, se alimente para não ter muita fome durante a partida.
-Nas partidas de manhã, por exemplo, dá para consumir frutas, cereais integrais e uma fonte de proteína (ovo, queijos brancos, iogurte).
– Se tomar café preto para ficar mais desperto, evite adoçá-lo
– Se for consumir bebida alcoólica, sempre intercale com água. Para cada copo de cerveja ou chope, beba um de água.
– Beba chás (quentes ou gelados), sucos de frutas naturais ou de polpa, água de coco (prefira a natural), água aromatizada ou água.
-Para os torcedores mais agitados, uma opção é chá de camomila, erva-doce ou suco de maracujá
-Com a ansiedade, muitos ficam comendo sem parar. Palitinhos feitos de maçã, pera, penino ou cenoura podem ajudar a controlar o nervosismo.
-Em bares, substitua os petiscos fritos por tábuas de carnes ou frango, sanduíches, caldinho de feijão e salgados assados
-No churrasco, dê preferência a carnes mais magras como maminha, fraldinha e frango
-Opte pelo amendoim torrado no forno ao invés da versão industrializada rica em sódio
-Para os que tomam remédio, é fundamental manter a rotina mesmo nos dias de jogos
-Faça exercícios físicos leves e ao ar livre antes dos jogos. Isso ajuda a relaxar e manter a forma

Avalie este post