Você com certeza já ouviu essa fase diversas vezes!  As mães martelam na cabeça dos filhos, os professores reforçam a importância da higiene bucal nas escolas e os dentistas com seus pacientes não ficam atrás. Mas, não se trata de um clichê e, sim, da mais pura verdade.

Assim como o sorriso é o cartão de vistas do rosto, a boca é o centro de tudo, ou seja, a porta de entrada para o organismo. Ela merece todo o cuidado e atenção, inclusive na prevenção de doenças e manutenção da saúde.

 

Um foco infeccioso, por exemplo, por menor que seja, provoca o aumento da defesa orgânica no sangue, o que atrapalha diversos processos, como tentativa de engravidar, por exemplo. Já ouviram falar de pessoas que tiveram problemas cardíacos em decorrência de uma infecção no dente? Acontece e é bastante perigoso.

O que recomendo é que não se procure o dentista apenas quando há um problema e, sim, periodicamente. Há um protocolo em meu consultório em que se fala de seis em seis meses. Trata-se do período ideal mesmo, sem exageros, já que prevenir é sempre melhor. Saúde e equilíbrio dependem de pequenas atitudes.

 

para mais informações visite nossas redes sociais