A disfunção sexual afeta 48,5 % das mulheres segundo dados levantados pela secretaria de estado da saúde de São Paulo por meio do CRESEX (centro de referência e especialização em sexologia). Dentre as causas destacamos alterações hormonais, efeitos de medicamentos, doenças crônicas, dispareunia ( dor na relação sexual), ansiedade, depressão, uso de anticoncepcionais hormonais etc.
É importante individualizar cada caso para que o tratamento seja realizado da melhor maneira possível. Saiba que se trata de uma das queixas mais comuns no consultório de ginecologia e não tenha vergonha de conversar com seu ginecologista.

Avalie este post