Ter um sorriso bonito é prioridade de muita gente, com o passar dos anos o senso estético das pessoas vem ficando mais aflorado, principalmente em nossa fase atual, muito mais tempo em videoconferências e reuniões on line, o que faz com que nossa análise pessoal seja feita constantemente.

As lentes de contato dental são facetas ou lâminas ultrafinas, com 1 mm de espessura ou menos, confeccionadas em cerâmica ou resina composta. Elas são aderidas aos dentes com a intenção de alterar forma, contorno, proporção e cor. Embora estejam na moda atualmente, as lentes de contato dental existem há mais de 25 anos. O tempo para realizar o procedimento varia de acordo com a complexidade do caso, a experiência do especialista e a quantidade de dentes envolvidos. “Geralmente são necessárias, em casos mais simples, três sessões, sendo uma inicial para diagnóstico e planejamento, uma segunda para adequação dental (preparos) e moldagem digital através de scanner

As lentes de contato são indicadas em vários casos:

 Para fechamentos de diastemas, que são o espaço entre os dentes;

Alterações de formato dental;

Estabelecimento de proporção adequada entre altura e largura, especialmente para dentes muito pequenos.

 Dentes muito escuros

 

As lentes de contato necessitam de um pouco mais de cuidado na higienização bucal. Os cremes dentais utilizados devem ser menos abrasivos, a fim de evitar a perda do brilho das cerâmicas. A atenção especial ao fio ou fita dental também deve ser redobrada, principalmente nas áreas de emenda dos dentes com as próteses. Assim como a maioria dos tratamentos, as lentes de contato passam pela fase de manutenção que é feita, inicialmente, após seis meses. Depois disso, dependendo do cuidado e da higienização do paciente, o retorno ao dentista ocorre anualmente, para prevenção e tratamento de possíveis infiltrações e inflamações gengivais