O Ministério da Saúde está preocupado com o avanço da coqueluche. Um dos sintomas é uma forte tosse. O número de casos está aumentando muito, principalmente entre os bebês. Por isso, o ministério vai aplicar a vacina também nas grávidas, já que os bebês só podem receber a dose aos dois meses de vida.
“As causas não são completamente esclarecidas, mas desde 2011 há um forte crescimento em países como Estados Unidos, na Europa e, com toda a circulação de turistas, isso tende a se espalhar. No ano passado houve um aumento de caso, principalmente nos menores de seis meses, que ainda não estão protegidos com a vacina”, afirma Jarbas Barbosa, secretário de Vigilância do Ministério da Saúde.
As grávidas vão começar a receber a vacina especial para que os bebês já nasçam com anticorpos contra a doença e possam passar os primeiros seis meses de vida protegidos, já que a vacina tradicional só pode ser tomada até os 6 anos de idade. As vacinas começam a chegar no segundo semestre.
http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/02/ministerio-da-saude-vai-vacinar-gravidas-contra-coqueluche.html
Avalie este post